sexta-feira, julho 29

USK Symposium Lisboa - Sketchcrawl

Neste último dia do Symposium que coincidiu com o 32º SketchCrawl fomos desenhar para a Praça do Comércio. Tive o enorme prazer de conhecer o Jacek Krenz e a sua encantadora mulher, Kasia. Falámos muito e desenhamos juntos :) Esta página mostra uma experiência que fizemos na qual procurámos obter uma sensação geral da Praça num desenho rápido.

quarta-feira, julho 27

USK Symposium Lisboa 21, 22 e 23 Julho

O USK Symposium foi um evento inesquecível! Podem encontrar muita informação no blog do Symposium. Eu e o Eduardo demos workshops sobre fazer desenhos rápidos e captar o movimento e houve quem registasse algumas demonstrações em video. Aqui vai um pequeno filme feito pelo Iwert, que pode ser visto também no youtube com mais qualidade de imagem.

video


terça-feira, julho 19

Cais do Sodré

Mais experiências. Primeiro o espaço da Praça - chão e volumes principais; segundo, aguarelas suaves sobre esse espaço; terceiro, aguarelas mais espessas (cor de pele) para as pessoas em primeiro plano; quarto, caneta por cima das mesmas e por último aguarelas de cor sobre os corpos para os vestir :)

segunda-feira, julho 18

Praia em Cascais

Este também foi uma experiência, comecei com as aguarelas e só depois com a caneta.

sexta-feira, julho 15

Chiado


Enquanto desenhava aproximou-se de mim uma rapariga que está cá para o Symposium, veio da República Dominicana, e tem o mesmo apelido que eu: Cid! :)

quinta-feira, julho 7

Comendo pasteis de Belém

Hum... que ricos pasteis!!
Como este terceiro assim disfarçadamente... pode ser que ninguém note...
A comer daquela maneira é bom que me despache a pedir uns para mim...
Os meus já cá cantam...
Acabaram-se!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!... (isto nunca acontece!)
Amanhã volto cá.

segunda-feira, julho 4

Mãe e filha

Estava a observar uma mãe (no centro, sorrindo) e filha (em cima). Em baixo, uma das senhoras que trabalha neste café. Captei um sorriso desta mãe que estava grávida e que parecia carinhosa... e a filha que com um olhar meigo chamava a atenção da tia que também estava sentada com elas. Enquanto mantinha o meu olhar sobre a folha de papel e as desenhava ouvi o som de uma estalada: PÁAAAA!!! Levantei o olhar e percebi que a mãe tinha dado uma chapada à filha! A filha manteve um ar sereno, conteve a tristeza... e conseguiu olhar a mãe nos olhos com uma doçura ainda mais profunda. A tia em silêncio. A mãe arrependida poucos segundos depois acaricia-a e pede desculpa.

sexta-feira, julho 1

Pastéis de Belém

Hoje, ao pequeno almoço. Por vezes, muito riscados, outras vezes menos... Gosto, sobretudo, de apreciar o processo de desenhar.